Benefícios SociaisBolsa FamíliaGeral

Por favor, não deixe escapar estes 3 Presentes do Bolsa Família liberados hoje (27/06)

Por favor, não deixe escapar estes 3 Presentes do Bolsa Família liberados hoje (26/06)
Por favor, não deixe escapar estes 3 Presentes do Bolsa Família liberados hoje – Imagem: Reprodução.

As famílias inscritas no programa Bolsa Família têm muito motivo para celebrar este mês de junho. Além do benefício principal que recebem, há três auxílios adicionais disponíveis para aliviar o orçamento doméstico dessas famílias cadastradas no Cadastro Único (CadÚnico).

Esses três “presentes” podem fazer toda a diferença para as famílias em situação de vulnerabilidade, proporcionando alívio financeiro e acesso a recursos essenciais. Conheça esses benefícios e veja como recebê-los. Acompanhe!

1º Presente! Auxílio Gás

O Auxílio Gás é uma iniciativa fundamental para as famílias que enfrentam dificuldades financeiras para comprar o botijão de gás. Instituído pela Lei nº 14.237 de 2021, este auxílio beneficia seis milhões de famílias a cada dois meses, cobrindo integralmente o preço médio de um botijão de gás.

Para ser elegível ao Auxílio Gás, é necessário estar inscrito no CadÚnico com os dados atualizados e ter uma renda familiar mensal per capita abaixo de meio salário mínimo, o que equivale a R$ 706 por pessoa.

O valor do benefício é depositado diretamente na mesma conta digital ou poupança social onde o beneficiário recebe o Bolsa Família, facilitando o acesso e uso imediato.

No entanto, é importante ressaltar que, apesar de todos os mais de 21 milhões de beneficiários do Bolsa Família terem direito ao Auxílio Gás, apenas 6 milhões o recebem, devido a limitações orçamentárias.

Portanto, se você está inscrito no Bolsa Família e se enquadra nos critérios de elegibilidade, fique atento para não perder esse importante alívio no orçamento com o gás de cozinha.

2º Presente! Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE): Desconto na Conta de Luz

Outro benefício significativo liberado para os beneficiários do Bolsa Família inscritos no CadÚnico é a Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE). Essa tarifa social pode reduzir a conta de energia em até 65%, dependendo do consumo da família.

Instituída pela Lei n° 10.438 de 2002, a TSEE oferece descontos ainda maiores para famílias indígenas, quilombolas, idosos com 65 anos ou mais e pessoas com deficiência que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC). Nesses casos, o desconto pode chegar a 100% para consumos de até 50 kWh mensais.

Desde 2022, a concessão dos descontos foi automatizada, ou seja, o desconto ocorre automaticamente, o que facilita o acesso ao benefício para as famílias que já estão inscritas no CadÚnico e no Bolsa Família.

Essa medida garante que mais famílias possam usufruir dos descontos na conta de luz sem a necessidade de procedimentos adicionais.

Portanto, se você é beneficiário do Bolsa Família, certifique-se de que seus dados estão atualizados no CadÚnico para garantir o recebimento automático desse importante desconto na sua conta de energia elétrica.

3º Presente! Programa Internet Brasil

O terceiro benefício disponível aos beneficiários do Bolsa Família é o Programa Internet Brasil. Esse programa busca promover a inclusão digital entre os estudantes da rede pública que fazem parte de grupos familiares atendidos pelo Bolsa Família.

O Programa Internet Brasil distribui chips de internet gratuita para alunos de famílias vulneráveis inscritos no CadÚnico, garantindo que possam acessar recursos educacionais online.

Lançado para combater a exclusão digital e melhorar a qualidade da educação, o programa já entregou milhares de chips e pretende expandir ainda mais sua cobertura.

Inicialmente focado na região Nordeste, o Programa Internet Brasil está em expansão para outras regiões do país.

A meta é distribuir 100 mil chips até o final de 2024, garantindo que mais estudantes de famílias beneficiárias do Bolsa Família possam participar do ambiente digital educacional.

Se você tem filhos estudando na rede pública e faz parte do Bolsa Família, fique atento às oportunidades de acesso a esse programa de inclusão digital.

Ele pode ser um importante aliado no suporte à educação remota e no combate à exclusão digital enfrentada por muitas famílias em vulnerabilidade social.

Mantenha seus dados atualizados no CadÚnico para acessar os benefícios

Para ter acesso a esses três presentes do Bolsa Família em junho, é crucial que as famílias beneficiárias mantenham seus dados atualizados no Cadastro Único (CadÚnico). Essa atualização regular dos dados evita problemas e garante a continuidade dos apoios oferecidos pelo governo.

Visitar regularmente um Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) pode ajudar a entender melhor as regras e procedimentos para inscrição e manutenção dos auxílios. Além disso, a concessão automática de alguns benefícios, como a Tarifa Social de Energia Elétrica, simplifica o processo de acesso.

Essas medidas visam proporcionar um suporte abrangente e melhorar a qualidade de vida das famílias em situação de vulnerabilidade. Portanto, não deixe de ficar atento e garantir que seus dados estejam sempre atualizados no CadÚnico para aproveitar todos os benefícios a que você tem direito.

Auxílios complementares do Bolsa Família

Os três benefícios extras do Bolsa FamíliaAuxílio Gás, Tarifa Social de Energia Elétrica e Programa Internet Brasil – representam um verdadeiro conjunto de “presentes” para as famílias inscritas no programa.

Esses auxílios complementares têm o poder de transformar a realidade dessas famílias, aliviando significativamente seus orçamentos e proporcionando acesso a recursos essenciais.

O Auxílio Gás, por exemplo, é um alívio fundamental para as famílias que enfrentam dificuldades em arcar com o custo do botijão de gás.

Já a Tarifa Social de Energia Elétrica pode reduzir a conta de luz em até 65%, chegando a 100% para algumas categorias, como idosos e pessoas com deficiência.

E o Programa Internet Brasil traz a inclusão digital para estudantes de famílias vulneráveis, garantindo o acesso a recursos educacionais online.

Esses três benefícios, somados ao Bolsa Família, formam um conjunto robusto de apoio que visa atender às necessidades mais básicas e urgentes das famílias em situação de vulnerabilidade social.

Ao assegurar o acesso a esses auxílios, o governo busca promover uma melhoria substancial na qualidade de vida dessas famílias, contribuindo para o seu desenvolvimento e empoderamento.

Entendendo os critérios de elegibilidade dos benefícios adicionais

Para ter acesso a esses três benefícios complementares do Bolsa Família, é fundamental atender a determinados critérios de elegibilidade. Vamos detalhar esses requisitos para cada um dos auxílios:

Auxílio Gás

  • Estar inscrito no Cadastro Único (CadÚnico) com os dados atualizados;
  • Ter renda familiar mensal per capita abaixo de meio salário mínimo (R$ 706).

Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE)

  • Estar inscrito no CadÚnico;
  • Ser beneficiário do Bolsa Família;
  • Pode ter descontos ainda maiores se for indígena, quilombola, idoso acima de 65 anos ou pessoa com deficiência que recebe o Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Programa Internet Brasil

  • Estar inscrito no CadÚnico;
  • Ser estudante da rede pública de ensino;
  • Fazer parte de grupos familiares atendidos pelo Bolsa Família.

É importante ressaltar que, embora todos os beneficiários do Bolsa Família tenham direito ao Auxílio Gás, apenas 6 milhões de famílias recebem esse benefício devido a limitações orçamentárias.

Portanto, fique atento e não deixe de verificar se você se enquadra nos critérios para garantir o acesso a esses três importantes auxílios.

Entendendo o cronograma de pagamentos do Bolsa Família

O Bolsa Família realiza seus pagamentos mensais de acordo com o final do Número de Identificação Social (NIS) de cada beneficiário. Esse cronograma é definido da seguinte forma:

Último Dígito do NISData de Pagamento
117 de junho
218 de junho
319 de junho
420 de junho
521 de junho
624 de junho
725 de junho
826 de junho
927 de junho
028 de junho

Sendo assim, ao consultar seu benefício, é importante ter em mente a data de pagamento correspondente ao final do seu NIS.

Como consultar o Bolsa Família usando apenas o CPF

Existem diferentes maneiras de consultar informações sobre o seu benefício do Bolsa Família usando apenas o seu CPF. Vamos explorar as principais opções:

Aplicativo Bolsa Família

O aplicativo oficial do Programa Bolsa Família, disponível para iOS e Android, permite que você consulte seu benefício diretamente usando seu CPF. Basta baixar o app, fazer o login e acessar a seção de consulta.

Portal CadÚnico

Outra opção é acessar o Portal CadÚnico, o sistema de cadastro unificado para programas sociais do governo. Neste portal, você pode fazer login com sua conta gov.br e, na seção “Meus Benefícios”, encontrar a opção “Consulta Simples”. Lá, você poderá visualizar informações sobre seu NIS e benefício.

Portal Cidadão da Caixa

O Portal Cidadão, mantido pela Caixa Econômica Federal, também oferece a possibilidade de consultar seu benefício do Bolsa Família usando seu CPF. Basta acessar o portal, fazer o login e procurar pela seção relacionada ao Bolsa Família.

Carolina Ramos Farias

Redatora do Revista dos Benefícios, é Graduada pela Universidade do Estado da Bahia - UNEB. Especialista em redação sobre Direitos do Trabalhador e Benefícios Sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *