Benefícios SociaisGeral

ADEUS pagamento de R$30, R$40, R$50 na Claro, Tim e Vivo: Nova lei assinada por Lula vem para garantir internet DE GRAÇA e CPFs serão beneficiados

Claro, Vivo e Tim
Claro, Vivo e Tim – Imagem: Reprodução.

A necessidade de acesso à internet se tornou ainda mais evidente durante a pandemia, especialmente para os estudantes que foram afetados pelas restrições e mudanças na educação. Geralmente, as operadoras (Claro, Vivo, Tim) podem cobrar planos variados, com preços de R$30, R$40, R$50, a depender do tipo de pacote escolhido.

No entanto, muitos estudantes, especialmente aqueles em regiões mais carentes, ainda enfrentam a desvantagem de não terem acesso a esse recurso essencial. É nesse contexto que surge uma nova lei proposta por Lula, que busca garantir internet de graça para uma lista de CPFs.

Com a acelerada digitalização da educação, impulsionada pela pandemia, ficou ainda mais claro que o acesso à internet é fundamental para os estudantes. A falta desse acesso pode colocar os alunos em desvantagem em relação aos seus colegas que têm acesso à tecnologia.

Diante dessa realidade, o programa proposto por Lula busca corrigir essa desigualdade e garantir que todos os estudantes tenham acesso à internet.

Programa Internet Brasil do Cadúnico – veja como funciona hoje!

O programa, chamado de “Internet Brasil“, é uma iniciativa conjunta do Ministério da Educação e do Ministério das Comunicações.

Segundo informações, em alguns locais do país, o programa já é uma realidade para milhares de alunos. A expectativa é que ele seja expandido para contemplar milhões de estudantes em todo o país, com o objetivo de promover a educação.

Para se beneficiar do programa “Internet Brasil“, os estudantes devem estar devidamente inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).

Isso inclui alunos que estão inscritos no Bolsa Família e no Benefício de Prestação Continuada (BPC), que são programas de assistência social. O cadastro é feito através do CRAS do município do beneficiário.

O programa irá fornecer chips de internet para os estudantes realizarem a conexão. Inicialmente, o programa irá atender alunos da educação básica da rede pública de ensino.

Os municípios de Caicó e Mossoró (RN), Campina Grande (PB), Caruaru e Petrolina (PE), Juazeiro (BA), Araguari (MG), Conceição das Alagoas (MG), Nova Serrana (MG), Prata (MG), Uberaba e Uberlândia (MG) já estão sendo assistidos pelo programa. Nos próximos dias, estudantes de outros estados também serão contemplados.

Como se inscrever no programa de Internet

Para que o benefício alcance aqueles que realmente necessitam, é crucial que estudantes e suas famílias estejam bem informados sobre os critérios de elegibilidade e os passos para a inscrição no programa Internet Brasil.

A participação ativa de todos os envolvidos é fundamental para o sucesso dessa iniciativa, reforçando o compromisso do Brasil com a inclusão digital e educacional.

Através do programa Internet Brasil, a educação do futuro estará ao alcance de todos os estudantes brasileiros. A democratização do acesso à internet é um passo essencial para a construção de uma sociedade mais igualitária, onde todos tenham a oportunidade de desenvolver seus talentos e alcançar o sucesso.

Com a internet gratuita no CadÚnico, o Brasil dá um importante passo em direção à inclusão digital e à promoção de oportunidades iguais para todos. A transformação da educação está em nossas mãos, e o acesso à internet é a chave para construir um futuro melhor.

Benefícios sociais do programa Internet Brasil

Além de promover a inclusão digital e educacional, o programa Internet Brasil traz uma série de benefícios para os estudantes de baixa renda. Vejamos alguns deles:

1. Acesso a Informações e Conhecimento

Com a internet gratuita, os estudantes poderão acessar uma ampla gama de informações e conhecimentos disponíveis online.

Isso proporciona um enriquecimento do aprendizado, permitindo que eles explorem diferentes áreas de interesse, acessem materiais complementares, pesquisem sobre temas específicos e ampliem seus horizontes acadêmicos.

2. Inclusão Social e Digital

Acesso à internet é sinônimo de inclusão social e digital. Ao garantir que estudantes de baixa renda tenham a oportunidade de se conectar virtualmente, o programa Internet Brasil contribui para a redução da desigualdade social e digital no país.

Isso permite que esses estudantes estejam em pé de igualdade com seus colegas de classe, facilitando a troca de informações, o acesso a recursos educacionais e a participação em atividades online.

3. Desenvolvimento de Habilidades Digitais

O uso da internet no dia a dia é uma habilidade essencial para o mundo atual. Ao disponibilizar a internet gratuita para estudantes de baixa renda, o programa Internet Brasil também contribui para o desenvolvimento de habilidades digitais.

Essas habilidades são fundamentais para o mercado de trabalho e para o sucesso profissional no futuro.

4. Igualdade de Oportunidades

O acesso à internet gratuita no CadÚnico proporciona igualdade de oportunidades para todos os estudantes, independentemente de sua situação socioeconômica.

Isso significa que talentos e potenciais serão descobertos e desenvolvidos, independentemente da origem ou condição financeira. Essa igualdade de oportunidades é fundamental para a construção de uma sociedade mais justa e inclusiva.

Carolina Ramos Farias

Redatora do Revista dos Benefícios, é Graduada pela Universidade do Estado da Bahia - UNEB. Especialista em redação sobre Direitos do Trabalhador e Benefícios Sociais