Benefícios SociaisBolsa FamíliaGeral

ALERTA: Volta do Auxílio Brasil prometendo R$ 15 mil tem verdade revelada hoje (26/06) pelo governo para quem tem NIS 0,1,2,3,4,5,6,7,8 e 9

ALERTA: Volta do Auxílio Brasil prometendo R$ 15 mil tem verdade revelada hoje (25/06) pelo governo para quem tem NIS 0,1,2,3,4,5,6,7,8 e 9
ALERTA: Volta do Auxílio Brasil prometendo R$ 15 mil tem verdade revelada hoje (25/06) pelo governo para quem tem NIS 0,1,2,3,4,5,6,7,8 e 9 – Imagem: Reprodução.

O Auxílio Brasil, um programa de transferência de renda instituído pelo governo federal em 2021, tem sido alvo de diversas especulações e boatos.

Recentemente, uma suposta promessa de pagamento de R$15 mil aos beneficiários do programa gerou grande expectativa e ansiedade na população.

No entanto, o governo federal agora veio a público para esclarecer a verdade sobre essa informação.

O Surgimento do Auxílio Brasil

Em suma, o Auxílio Brasil foi criado em outubro de 2021, substituindo o antigo programa Bolsa Família. O objetivo do novo programa era ampliar e aprimorar os benefícios sociais oferecidos aos cidadãos em situação de vulnerabilidade.

Inicialmente, o Auxílio Brasil prometia um valor mínimo de R$400 por família, com a possibilidade de acréscimos adicionais de acordo com a composição e a condição socioeconômica de cada núcleo familiar.

Contudo, com a eleição do presidente Lula em 2022, houve uma mudança significativa na política de assistência social do país.

O governo federal decidiu reativar o programa Bolsa Família, que havia sido extinto durante o mandato anterior.

Atualmente, o Bolsa Família atende a mais de 20 milhões de famílias, oferecendo um valor mínimo de R$600 por família.

A promessa de R$ 15 mil do Auxílio Brasil

No início de 2024, diversos veículos de comunicação noticiaram a possibilidade de um pagamento de R$ 15 mil aos beneficiários do Auxílio Brasil.

Essa informação teria supostamente vazado de alguma fonte relacionada ao programa. Isso gerou grande expectativa e ansiedade entre os segurados do Auxílio Brasil.

O esclarecimento do Governo

Diante dessa situação, o governo federal decidiu intervir e esclarecer a verdade sobre essa informação. Por meio de seu portal oficial, o governo emitiu um comunicado urgente, informando que a promessa de um pagamento de R$ 15 mil aos beneficiários do Auxílio Brasil é falsa.

Segundo o comunicado do governo, um site havia criado uma página chamada “Caso Auxílio Brasil”, direcionando as pessoas para uma consulta sobre possíveis recompensas financeiras por parte da União.

Todavia, a Justiça Federal determinou a retirada desse conteúdo do ar, além de impor uma multa diária de R$5 mil por cada dia em que a página permanecesse online.

Cronograma de liberação dos pagamentos

O calendário de pagamentos do Bolsa Família é determinado com base no último dígito do Número de Identificação Social (NIS) de cada beneficiário. Essa abordagem organizada visa garantir a distribuição eficiente dos recursos financeiros. Confira as datas específicas:

Número Final do NISData de Pagamento
117 de junho
218 de junho
319 de junho
420 de junho
521 de junho
624 de junho
725 de junho
826 de junho
927 de junho
028 de junho

Valores e tipos de benefícios oferecidos

O programa Bolsa Família foi concebido para fornecer um amplo leque de benefícios, visando atender às necessidades específicas de cada família. Esses benefícios são calculados e distribuídos de acordo com a composição e a situação financeira de cada núcleo familiar.

Veja os diferentes tipos de benefícios disponíveis:

1. Benefício de Renda de Cidadania (BRC)

Esse benefício é destinado a fornecer um valor básico de renda para cada membro da família. Atualmente, o valor do BRC é de R$ 142 por pessoa.

2. Benefício Complementar (BCO)

O Benefício Complementar tem como objetivo garantir que a soma de todos os benefícios recebidos pela família atinja o valor mínimo de R$ 600. Dessa forma, ele complementa os demais benefícios, caso a soma não alcance esse valor-base.

3. Benefício Primeira Infância (BPI)

Reconhecendo a importância dos primeiros anos de vida, o Benefício Primeira Infância oferece um valor adicional de R$ 150 por criança com idade inferior a sete anos incompletos.

4. Benefício Variável Familiar (BVF)

Esse benefício visa fornecer um suporte extra de R$ 50 para gestantes, crianças e adolescentes com idades entre sete e 18 anos incompletos.

5. Benefício Variável Familiar Nutriz (BVN)

O Benefício Variável Familiar Nutriz é destinado a auxiliar as famílias com crianças recém-nascidas. Ele fornece um valor adicional de R$ 50 por membro da família com idade inferior a sete meses incompletos. Os pagamentos desse benefício serão iniciados a partir de setembro.

6. Benefício Extraordinário de Transição (BET)

O Benefício Extraordinário de Transição é uma medida temporária que visa garantir que nenhuma família receba um valor inferior ao que recebia no programa anterior, o Auxílio Brasil. Esse benefício será válido até maio de 2025.

Requisitos para receber o Bolsa Família

Para ser elegível ao recebimento dos benefícios do programa Bolsa Família, as famílias devem cumprir determinadas condições nas áreas de saúde e educação. Essas condições incluem:

  • Garantir a frequência escolar para crianças e adolescentes entre 4 e 17 anos de idade;
  • Acompanhar o pré-natal para gestantes;
  • Realizar o acompanhamento nutricional de crianças até 7 anos de idade;
  • Cumprir o calendário nacional de vacinação.

Ao atender a esses requisitos, as famílias beneficiárias contribuem para o desenvolvimento saudável de seus membros e garantem o acesso contínuo aos benefícios do programa.

Acompanhamento e Gestão do Programa

O Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS) é responsável pela gestão e acompanhamento do programa Bolsa Família.

Periodicamente, o MDS realiza avaliações e ajustes para garantir que o programa atenda às necessidades das famílias de forma eficiente e transparente.

Além disso, o MDS trabalha em estreita colaboração com os municípios e estados, responsáveis pela identificação e cadastramento das famílias elegíveis, bem como pelo monitoramento do cumprimento das condições estabelecidas.

Canais de comunicação e suporte

Para facilitar o acesso às informações e esclarecer dúvidas, o programa Bolsa Família disponibiliza diversos canais de comunicação e suporte.

Os beneficiários podem entrar em contato por meio do aplicativo oficial, do site do programa ou dos canais de atendimento da Caixa Econômica Federal.

Nesses canais, é possível obter informações atualizadas sobre o calendário de pagamentos, os valores dos benefícios, as condições de elegibilidade e outras orientações relevantes.

Carolina Ramos Farias

Redatora do Revista dos Benefícios, é Graduada pela Universidade do Estado da Bahia - UNEB. Especialista em redação sobre Direitos do Trabalhador e Benefícios Sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *