Benefícios SociaisGeral

ALERTA crucial na CAIXA hoje (10/06): Nova lei de Lula faz mais de 10 bancos se unirem com 5 alertas para BLOQUEIO de contas em junho

ALERTA crucial na CAIXA hoje (09/06): Nova lei de Lula faz mais de 10 bancos se unirem com 5 alertas para BLOQUEIO de contas em junho
ALERTA crucial na CAIXA hoje: Nova lei de Lula faz mais de 10 bancos se unirem com 5 alertas para BLOQUEIO de contas em junho – Imagem: Igo Estrelas.

O governo brasileiro, liderado pelo presidente Lula, promulgou uma legislação que impulsionou uma união inédita entre 12 bancos renomados, incluindo instituições como Caixa e Itaú.

Essa iniciativa inovadora, conhecida como “Celular Seguro“, visa proteger os clientes bancários contra fraudes, implementando medidas de segurança financeira cruciais.

Nova Lei de Lula

O programa “Celular Seguro” é uma iniciativa do governo federal que está ganhando força com a adesão de diversos bancos e operadoras de telefonia.

Seu objetivo principal é facilitar a vida das vítimas de roubos e furtos de celulares, agilizando o processo de bloqueio do aparelho e dificultando a ação dos criminosos.

Segundo informações, bancos como Banco do Brasil, Bradesco, Itaú Unibanco, Santander, Caixa Econômica Federal, Banco Original, Banco Inter, Neon Pagamentos e Nubank já aderiram ao programa “Celular Seguro”. Entre as operadoras de telefonia, estão Claro, TIM, Vivo e Oi.

Para participar do “Celular Seguro“, os usuários precisam baixar o aplicativo gratuito em seus smartphones e registrar o IMEI do aparelho.

Em caso de perda ou roubo, basta informar o ocorrido no aplicativo ou ligar para a polícia. O programa irá bloquear o aparelho, impedindo que ele seja utilizado por terceiros.

Cinco alertas cruciais sobre bloqueios

Com o intuito de proteger seus clientes contra fraudes, os bancos participantes emitiram cinco alertas cruciais sobre o bloqueio de dispositivos móveis.

1. Acesso ao Aplicativo Celular Seguro

Certifique-se de ter baixado e instalado o aplicativo Celular Seguro em seu smartphone antes de precisar usá-lo. Faça login com sua conta Gov.br para acessar a plataforma.

2. Seleção do Dispositivo a Ser Bloqueado

Na tela principal do aplicativo, selecione o dispositivo que você deseja bloquear. Se você tiver outro dispositivo registrado em sua conta, poderá selecioná-lo na lista “Meus Telefones”.

Caso não tenha outro dispositivo disponível, peça a um contato de confiança para acessar a seção “Telefones de Confiança” e selecionar seu dispositivo.

3. Iniciando o Processo de Bloqueio

Clique no botão “ALERTA” para iniciar o processo de registro de ocorrência de perda ou roubo. Siga as instruções na tela para fornecer as informações necessárias, como data, hora e local do ocorrido.

4. Salvando o Protocolo de Bloqueio

Ao concluir o registro da ocorrência, você receberá um protocolo de bloqueio. Anote este protocolo ou salve-o em um local seguro, pois você precisará dele para desbloquear seu dispositivo posteriormente, caso o encontre.

5. Notificação às Autoridades

O aplicativo Celular Seguro envia automaticamente seus dados para as operadoras de telefonia e bancos participantes. Isso significa que seu dispositivo será bloqueado nas redes dessas empresas, impedindo que ele seja utilizado por terceiros.

Carolina Ramos Farias

Redatora do Revista dos Benefícios, é Graduada pela Universidade do Estado da Bahia - UNEB. Especialista em redação sobre Direitos do Trabalhador e Benefícios Sociais