Revista dos Benefícios

FESTA HOJE (15/04)! 7 moedas brasileiras que possuem um valor BEM ALTO: Até R$8.000,00 para você

MOEDA – Imagem: Reprodução.

Se você não costuma colecionar moedas, é provável que não preste atenção a todos os detalhes que elas trazem. No entanto, é importante ficar atento, porque uma análise mais cuidadosa pode revelar que as moedas que você tem podem valer muito mais do que você pensa.

Neste artigo, vamos te mostrar 7 moedas raras que podem render até R$ 8.380 no total! Vamos lá?

1 centavo de 1994

A primeira moeda valiosa da lista é uma moeda de 1 centavo de 1994. Foram produzidos um total de 887 milhões desses itens, e algumas têm o verso invertido. Possuir uma dessas moedas pode render ao proprietário cerca de R$ 280.

O que é o “verso invertido”?

O verso invertido em moedas acontece quando a parte de trás da moeda é impressa de cabeça para baixo em relação à frente. Isso pode ocorrer durante o processo de fabricação devido a um erro na máquina.

As moedas com verso invertido são consideradas raras e valiosas para colecionadores, pois são menos comuns do que as moedas comuns. Esse tipo de erro pode aumentar significativamente o valor da moeda no mercado de colecionadores, como no caso da moeda de 1 centavo que mencionamos anteriormente.

5 centavos de 1994

Outra moeda rara de 1994 é a de 5 centavos. Se você tiver uma dessas com o disco trocado com a “meleca” de 1 centavo, seu valor pode chegar a R$ 700 entre os colecionadores.

O que é a “meleca” em uma moeda?

A “meleca” em uma moeda refere-se a uma pequena quantidade de metal proveniente de outra moeda que adere à superfície da moeda atual durante o processo de cunhagem. Esse fenômeno ocorre quando o disco de metal da nova moeda entra em contato com resquícios ou fragmentos de metal de outra moeda que estejam presentes na máquina de cunhagem.

5 centavos de 1996

Outra moeda do mesmo valor e que é um pouco difícil de encontrar é a de 5 centavos de 1996. Quando ela tem o cunho trocado e o lado da frente é da moeda de 1 centavo, seu valor pode chegar a incríveis R$ 2.000.

O que é o “cunho trocado”?

O “cunho trocado” em uma moeda ocorre quando o lado da frente, chamado de anverso, e o lado de trás, chamado de reverso, são diferentes dos padrões habituais daquela denominação de moeda.

Esse fenômeno ocorre durante o processo de cunhagem, quando o disco de metal destinado a uma determinada denominação de moeda é carregado incorretamente na prensa de cunhagem. Isso resulta na impressão do design do lado errado da moeda no disco de metal.

10 centavos de 1994

A moeda de 10 centavos de 1994 pode ter um defeito chamado “pseudoincusa“, que ocorre quando uma moeda fica presa na máquina e outro disco entra em seguida, resultando em uma moeda com dois lados diferentes, com os cunhos invertidos. Nesse caso, ela pode valer cerca de R$ 1.200 para colecionadores.

25 centavos

Algumas moedas de 25 centavos também têm o cunho trocado com o das moedas de 50 centavos, e essas moedas não têm data de fabricação. De acordo com o catálogo de moedas, esse defeito pode valer R$ 2.800.

50 centavos de 1995

Entre as moedas de 50 centavos, uma das mais raras são aquelas de 1995 que têm o cunho trocado com as moedas de 10 centavos. Elas podem chegar a valer R$ 550.

1 real de 1994

Por fim, a moeda de 1 real de 1994 com o verso invertido, pode valer até R$ 850 no mercado das moedas raras.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação

Política de privacidade e cookies