Revista dos Benefícios

Pode soltar fogos! Moeda de R$1,00 dos Jogos Olímpicos avaliada em R$8.000,00 (oito mil reais) pode tirar você da SERASA

Pode soltar fogos! Moeda de R$1,00 dos Jogos Olímpicos avaliada em R$8.000,00 (oito mil reais) pode tirar você da SERASA
Pode soltar fogos! Moeda de R$1,00 dos Jogos Olímpicos avaliada em R$8.000,00 (oito mil reais) pode tirar você da SERASA. Foto: Reprodução

As moedas comemorativas de R$1 cunhadas durante os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro em 2016 têm se tornado verdadeiros tesouros para colecionadores e entusiastas da numismática no Brasil.

Estas peças, outrora consideradas meras curiosidades, agora despertam um interesse crescente devido a sua raridade, estado de conservação e associação com um evento histórico de grande importância nacional.

A valorização das Moedas Olímpicas de R$1

O mercado da numismática no Brasil tem passado por uma transformação notável, com moedas anteriormente vistas como obsoletas e de pouco valor agora se estabelecendo como objetos de grande apreciação entre os colecionadores.

Neste contexto, as moedas comemorativas de R$1 referentes aos Jogos Olímpicos Rio 2016 se destacam como um alvo primordial do interesse destes entusiastas.

Fatores Determinantes da Valorização

Diversos fatores confluem para a crescente valorização destas moedas, entre eles:

  1. Contexto Histórico: O fato de representarem um marco significativo na trajetória nacional, os Jogos Olímpicos Rio 2016, atribui a estas moedas um valor simbólico distintivo.
  2. Raridade: A limitação na tiragem dessas peças é um elemento crucial para sua determinação de valor, uma vez que a demanda aumenta à medida que sua disponibilidade diminui.
  3. Estado de Conservação: Exemplares em estado impecável, conhecidos como “flor de cunho”, são amplamente preferidos pelos colecionadores, atingindo valores consideravelmente mais elevados.
  4. Modalidades Esportivas Específicas: Algumas moedas que retratam modalidades como boxe, natação paralímpica, vôlei e atletismo paralímpico são particularmente valorizadas.
  5. Interesse Crescente: O aumento da demanda por parte de colecionadores, tanto no Brasil quanto no exterior, impulsiona constantemente a valorização destas moedas.

Raridade e Preservação: Pilares da Valorização

A raridade de uma moeda pode ser definida por diversos critérios, incluindo erros de cunhagem, edições especiais ou ocasiões comemorativas.

No caso das moedas olímpicas de R$1, a limitação na produção representa um fator crucial para a determinação de seu valor. À medida que a tiragem diminui, a demanda aumenta, resultando em preços mais altos no mercado de colecionadores.

Outro aspecto determinante é o estado de conservação da moeda. Exemplares em estado impecável, praticamente sem uso, são amplamente preferidos pelos colecionadores, alcançando valores significativamente mais elevados do que aqueles com sinais de desgaste ou danos.

Essa ênfase na preservação reflete a preferência dos entusiastas por moedas que se aproximem o máximo possível de sua condição original.

Modalidades Esportivas: Destaques na Valorização

Dentre as moedas olímpicas de R$1, algumas se destacam por sua valorização particularmente acentuada. Aquelas que apresentam representações de modalidades esportivas específicas, como boxe, natação paralímpica, vôlei e, notavelmente, a moeda dedicada ao atletismo paralímpico (conhecida como “perna de pau”), são amplamente reconhecidas como as mais valiosas pelos colecionadores.

Boxe: Símbolo de Força e Determinação

A moeda olímpica de R$1 dedicada ao boxe é altamente apreciada pelos entusiastas da numismática. Sua representação do esporte, conhecido por sua exigência física e mental, evoca sentimentos de força, coragem e determinação, qualidades que ressoam com os colecionadores.

Natação Paralímpica: Superação e Inspiração

A moeda que retrata a natação paralímpica também se destaca pela sua valorização. Essa peça simboliza a superação de desafios e a inspiração que os atletas paralímpicos transmitem, características que cativam os entusiastas da numismática.

Vôlei: Elegância e Dinamismo

A moeda olímpica de R$1 com a representação do vôlei é igualmente valorizada. Sua elegância e o dinamismo capturados em sua imagem refletem os atributos deste esporte, fazendo com que os colecionadores a considerem uma peça de grande valor.

Atletismo Paralímpico: A “Perna de Pau”

A moeda dedicada ao atletismo paralímpico, conhecida popularmente como “perna de pau”, é amplamente reconhecida como a mais valiosa dentre as moedas olímpicas de R$1. Sua representação única e emblemática do esporte para pessoas com deficiência física a torna um item de grande cobiça entre os entusiastas da numismática.

Onde encontrar e vender as Moedas Olímpicas de R$1

  • Para aqueles que desejam adquirir ou vender estas moedas colecionáveis, diversas opções estão disponíveis.
  • Grupos de numismáticos em redes sociais e plataformas online como Mercado Livre e Enjoei são frequentemente utilizados por colecionadores e vendedores. \No entanto, é essencial estar vigilante quanto a possíveis fraudes e garantir a autenticidade das peças.
  • Os grupos de numismáticos em redes sociais, como Facebook e WhatsApp, oferecem uma plataforma dinâmica para a compra, venda e troca de moedas olímpicas de R$1.
  • Nesses espaços, os colecionadores podem interagir, compartilhar informações e negociar diretamente com outros entusiastas.
  • Sites como Mercado Livre e Enjoei também se destacam como canais populares para a comercialização dessas moedas colecionáveis.
  • Nesses ambientes, os vendedores podem listar suas peças, enquanto os compradores têm a oportunidade de pesquisar, comparar preços e adquirir as moedas desejadas.
  • Contudo, é crucial manter-se atento a eventuais fraudes e garantir a autenticidade das moedas.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação

Política de privacidade e cookies