Direitos do TrabalhadorEconomia

MARTELO BATIDO HOJE (27/02) por LULA para CPFs 1,2,3,4,5,6,7,8,9 e 0 que recebem pelo FGTS

LULA toma decisão no FGTS. Foto: Reprodução

O governo Lula está planejando uma medida para facilitar a compra da casa própria pela população de baixa renda. A saber, a proposta é liberar o FGTS Futuro, uma modalidade do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, que permitirá que os trabalhadores utilizem o saldo acumulado no FGTS para adquirir um imóvel. Essa iniciativa visa aumentar a capacidade de pagamento das prestações e incentivar o acesso à moradia para um maior número de brasileiros e pode beneficiar todos os CPFs final 1,2,3,4,5,6,7,8,9 e o.

A saber, antes de mais nada é importante destacar que o FGTS Futuro é uma nova modalidade do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, que foi criada com o objetivo de facilitar a compra da casa própria. Com essa medida, os trabalhadores poderão utilizar parte do saldo acumulado no FGTS para dar entrada em um imóvel ou amortizar o financiamento habitacional. Isso permitirá que mais pessoas tenham acesso ao sonho da casa própria, mesmo aquelas que possuem uma renda mais baixa.

A princípio, de acordo com o plano do governo Lula, a liberação do FGTS Futuro ocorrerá a partir de março, quando está prevista a próxima reunião do Conselho Curador do Fundo de Garantia. Nessa reunião, serão definidas as regras e os critérios para a utilização do saldo do FGTS na compra da casa própria. A expectativa é que seja estabelecido um limite máximo para o valor do imóvel a ser adquirido e que seja determinada uma porcentagem do saldo do Fundo de Garantia a ser utilizada como entrada ou para amortização do financiamento.

Benefícios da liberação do FGTS Futuro

  • A medida de liberar o FGTS Futuro trará diversos benefícios tanto para os trabalhadores quanto para o mercado imobiliário.
  • Um dos principais benefícios é a possibilidade de aumentar a capacidade de pagamento das prestações pelo trabalhador.
  • Com o uso do saldo do FGTS, será possível reduzir o valor das parcelas mensais, tornando o financiamento habitacional mais acessível.
  • Além disso, a liberação do FGTS Futuro incentivará a compra de imóveis, o que movimentará o mercado imobiliário e contribuirá para a geração de emprego e renda.
  • Com mais pessoas adquirindo imóveis, haverá um aumento na demanda por construção civil, arquitetura, decoração, entre outros setores relacionados.

Impacto econômico da medida

A liberação do FGTS Futuro terá um impacto positivo na economia como um todo. Com mais pessoas tendo acesso à casa própria, haverá uma maior estabilidade social, pois a moradia é um dos principais pilares do bem-estar e da qualidade de vida. Além disso, o setor imobiliário, que é um dos mais importantes da economia brasileira, será impulsionado, gerando empregos e movimentando a cadeia produtiva.

Além da liberação do FGTS Futuro, o governo Lula está estudando outras medidas para impulsionar o mercado imobiliário e facilitar o acesso à moradia. Uma das propostas é a criação de programas de financiamento habitacional com taxas de juros mais baixas e prazos mais longos. Isso permitirá que mais pessoas consigam adquirir um imóvel e pagar as prestações de forma mais acessível.

Outra medida em estudo é a ampliação do programa Minha Casa Minha Vida, que já beneficiou milhares de famílias de baixa renda. A ideia é aumentar o número de unidades habitacionais disponíveis e expandir o programa para outras faixas de renda, garantindo que mais brasileiros tenham acesso à moradia digna.

FGTS tem saques liberados em fevereiro

  • Em primeiro lugar, é importante frisar que o Saque-Aniversário do FGTS permite que o trabalhador retire uma parte do saldo disponível em sua conta do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço uma vez por ano, no mês do seu aniversário.
  • Ademais, o valor a ser sacado é calculado de acordo com uma tabela divulgada pela Caixa Econômica Federal, levando em consideração o saldo disponível e o mês de aniversário do trabalhador.
  • Por fim, é importante ressaltar que o Saque-Aniversário não afeta o direito do trabalhador ao saque total do FGTS em casos específicos, como a compra da casa própria, a aposentadoria ou em situações de doenças graves.

A Caixa Econômica Federal divulgou o calendário de Saque-Aniversário do FGTS para o ano de 2024. Confira as datas para cada mês de aniversário:

  • Janeiro: de 02 de janeiro a 29 de março de 2024
  • Fevereiro: de 01 de fevereiro a 30 de abril de 2024
  • Março: de 01 de março a 31 de maio de 2024
  • Abril: de 01 de abril a 28 de junho de 2024
  • Maio: 01 de maio a 31 de julho de 2024
  • Junho: de 03 de junho a 30 de agosto de 2024
  • Julho: de 01 de julho a 30 de setembro de 2024
  • Agosto: de 01 de agosto a 31 de outubro de 2024
  • Setembro: de 02 setembro a 29 de novembro de 2024
  • Outubro: de 01 de outubro a 31 de dezembro de 2024
  • Novembro: de 01 de novembro de 2023 a 31 de janeiro de 2025
  • Dezembro: de 02 de dezembro de 2023 a 28 de fevereiro de 2025

Saulo Moreira

Idealizador do site Revista dos Benefícios, sou graduado em Ciências Contábeis pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB), com mais de 15 anos em experiência textual e 30 mil textos publicados.