INSSNotícias

ADEUS HOJE (12/07) para R$1.412! Haddad e Tebet se unem para canetada nos pagamentos do INSS e vai atingir em cheio CPF final 0,1,2,3,4,5,6,7,8 e 9

Haddad e Tebet unem-se e tomam decisão sobre pagamento do INSS em 2025. Saiba mais!

Haddad e Tebet unem-se e tomam decisão sobre pagamento do INSS em 2025. Saiba mais!
Haddad e Tebet unem-se e tomam decisão sobre pagamento do INSS em 2025. Saiba mais! | Foto: Diogo Zacarias/MF

Com uma decisão conjunta que reverberou pelo governo federal, os ministros Fernando Haddad e Simone Tebet promulgaram uma medida histórica que repercute diretamente nos pagamentos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Esta iniciativa visa reestruturar os benefícios temporários, como auxílio-doença e seguro-desemprego, desvinculando-os do salário mínimo que tradicionalmente os indexava.

Essa proposta tem como objetivo principal ajustar esses benefícios apenas pela inflação, buscando assim equilibrar os gastos públicos sem comprometer a capacidade de oferecer outros benefícios essenciais.

LULA faz jogo duro frente a decisão de HADDAD e TEBET

A resistência do presidente Lula tem sido clara, mantendo-se firme na defesa da manutenção da vinculação dos benefícios da Previdência Social ao salário mínimo. Argumenta-se que essa política protege os beneficiários de perdas inflacionárias e mantém a dignidade dos aposentados e demais beneficiários.

Contudo, os defensores da desvinculação argumentam que essa medida poderia resultar em economias significativas a longo prazo, estimadas em até R$ 1 trilhão em uma década, segundo análises técnicas do governo.

Fernando Haddad, ministro da Fazenda, e Simone Tebet, ministra de Planejamento e Orçamento, surgem como figuras centrais nesse debate, posicionando-se como defensores de uma política fiscal mais rigorosa que visa controlar os gastos do governo.

Daqui para frente, suas decisões podem impactar diretamente milhões de brasileiros dependentes dos serviços providos pelo INSS, delineando um novo panorama para a seguridade social no país.

Calendário de pagamentos do INSS

A partir do dia 25 de julho, os aposentados e pensionistas do INSS começarão a receber seus pagamentos. No total, serão pagos 39 milhões de benefícios, divididos em 5,6 milhões assistenciais e 33,4 milhões previdenciários.

Beneficiários que recebem um valor de até um salário mínimo:

  • Final 1 – 25 de Julho
  • Final 2 – 26 de julho
  • Final 3 – 29 de julho
  • Final 4 – 30 de julho
  • Final 5 – 31 de julho
  • Final 6 – 01 de agosto
  • Final 7 – 02 de agosto
  • Final 8 – 05 de agosto
  • Final 9 – 06 de agosto
  • Final 0 – 07 de agosto

Beneficiários que recebem um valor acima de um salário mínimo:

  • Finais 1 e 6 – 01 de agosto
  • Finais 2 e 7 – 02 de agosto
  • Finais 3 e 8 – 05 de agosto
  • Finais 4 e 9 – 06 de agosto
  • Finais 5 e 0 – 07 de agosto

Como conferir o extrato do INSS?

Para conferir o extrato de pagamentos do INSS, os segurados têm várias opções online disponíveis. Uma maneira simples é usando o aplicativo Meu INSS, que você pode baixar no seu celular Android ou iOS. No aplicativo, você pode buscar pelo número do NB, ignorando o dígito após o traço. Por exemplo, se o número for 123456789-0, o dígito final é 9.

Outra opção é acessar o site oficial do INSS. É importante lembrar que, tanto no aplicativo quanto no site, é necessário fazer login usando a conta Gov.br para garantir um acesso seguro e fácil a todas as funcionalidades. Isso oferece aos aposentados e pensionistas uma maneira conveniente de verificar quando vão receber seus pagamentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *