NotíciasBenefícios Sociais

Veja se o seu CPF entrou na lista hoje (11/07) para receber uma das 30 MIL CASAS entregues pelo Governo Federal

Governo Federal libera 30 MIL CASAS para famílias brasileiras em 2024. Saiba se você tem direito!

Governo Federal libera 30 MIL CASAS para famílias brasileiras em 2024. Saiba se você tem direito!
Governo Federal libera 30 MIL CASAS para famílias brasileiras em 2024. Saiba se você tem direito! | Foto: reprodução

O programa Minha Casa Minha Vida tem sido muito importante para muitas famílias no Brasil. Recentemente, o ministro Jader Filho anunciou a construção de 30 mil novas casas, o que trará esperança e melhores condições de vida para muitas pessoas.

No evento de entrega, o ministro das Cidades, Jader Filho, confirmou a contratação dessas 30 mil novas moradias pelo programa Minha Casa Minha Vida. Também, ele compartilhou algumas metas estabelecidas pelo presidente Lula para a construção de casas no Brasil.

Neste artigo, veremos mais detalhes sobre a entrega dessas casas e quem tem direito a recebê-las. Vamos lá?

Governo MILHÕES de casas nos próximos anos!

O governo federal estabeleceu uma meta ambiciosa para o setor habitacional: a construção de 2 milhões de unidades habitacionais em quatro anos.

Desse total, 1,5 milhão de unidades serão financiadas pelo programa Minha Casa Minha Vida, enquanto as restantes 500 mil serão viabilizadas pelo Orçamento Geral da União.

Esse plano visa atender uma ampla gama de famílias brasileiras, garantindo que mais pessoas tenham acesso a uma moradia digna e segura.

Governo foca em pequenos municípios e populações vulneráveis

Além do mais, o governo está priorizando pequenos municípios com até 50 mil habitantes para a construção das novas moradias. Este foco é estratégico, pois essas localidades frequentemente enfrentam maiores desafios em termos de infraestrutura e oportunidades de desenvolvimento.

Além disso, a iniciativa busca atender populações em áreas de risco, precariedade, e comunidades quilombolas ou indígenas. Os recursos para essas construções virão do Fundo Nacional de Habitação de Interesse Social (FNHIS), e o processo seletivo para as propostas de construção será detalhado em um edital de abertura, garantindo transparência e clareza nos critérios de seleção.

Quem tem direito às 30 MIL casas entregues pelo Governo?

As 30 mil novas unidades habitacionais serão destinadas principalmente aos cidadãos que se enquadram na Faixa 1 do programa Minha Casa Minha Vida, ou seja, famílias com renda mensal de até R$ 2.640,00. Esta faixa é considerada prioritária por abranger as famílias que mais necessitam de suporte habitacional.

A construção dessas moradias não só proporcionará melhores condições de vida para os beneficiários, mas também impulsionará a economia local dos pequenos municípios, gerando empregos e estimulando o desenvolvimento econômico.

A entrega de 30 mil novas casas pelo programa é um passo importante para melhorar a vida de muitas famílias brasileiras, o que reafirma o compromisso do governo em promover o desenvolvimento social e econômico no país.

Outra maneira de conseguir a CASA PRÓPRIA

Outra maneira de facilitar a aquisição da casa própria para as famílias de baixa renda é através da utilização do saldo futuro do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). Essa modalidade, criada pelo Conselho Curador do FGTS durante a gestão do ex-presidente Jair Bolsonaro, permite que os trabalhadores utilizem os depósitos futuros do fundo para amortizar ou abater as prestações de imóveis financiados pelo programa Minha Casa Minha Vida (MCMV).

Na prática, isso significa que os trabalhadores com carteira assinada podem utilizar os valores que serão depositados pelo empregador no futuro para ajudar a pagar as parcelas do financiamento habitacional.

Como funciona o FGTS Futuro?

O FGTS Futuro funciona da seguinte maneira: uma porcentagem do salário do trabalhador, geralmente 8%, é depositada mensalmente em uma conta vinculada ao Fundo de Garantia. Esses depósitos podem ser utilizados para complementar a renda informada no momento de solicitar o financiamento, o que pode resultar em taxas de juros mais baixas e condições de pagamento mais favoráveis.

Por exemplo, uma família com renda mensal de R$ 2.000 pode utilizar os depósitos futuros para aumentar o valor financiado em cerca de 9%, ampliando a capacidade de financiamento de R$ 100 mil para aproximadamente R$ 108 mil, considerando um período de uso dos depósitos de 60 meses.

Em resumo, além de aumentar a capacidade de financiamento, o uso do FGTS Futuro ajuda a reduzir a carga financeira mensal das famílias, tornando o sonho da casa própria mais acessível.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *