Revista dos Benefícios

2 VIRADAS AGORA (23/02): Bolsa Família antecipa 2 PRESENTES para NIS 1,2,3,4,5,6,7,8,9 e 0 de uma vez só e brasileiros pulam de alegria

Bolsa Família
Bolsa Família. Foto: Reprodução

O Programa Bolsa Família é uma iniciativa do governo federal que visa auxiliar famílias em situação de vulnerabilidade socioeconômica. A saber, com o objetivo de proporcionar uma renda mínima e contribuir para o acesso à educação e saúde, o programa oferece diferentes benefícios. Para garantir que os beneficiários possam se planejar financeiramente, foi divulgado o calendário completo de pagamento do Bolsa Família de fevereiro.

O calendário de pagamento do Bolsa Família é definido por uma parceria entre o Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS) e a Caixa Econômica Federal. As datas são estipuladas levando em consideração o último algarismo do Número de Identificação Social (NIS) de cada beneficiário.

Para o mês de fevereiro de 2024, as datas de pagamento do Bolsa Família são as seguintes:

  • NIS terminado em 1: 16 de fevereiro
  • NIS terminado em 2: 19 de fevereiro
  • NIS terminado em 3: 20 de fevereiro
  • NIS terminado em 4: 21 de fevereiro
  • NIS terminado em 5: 22 de fevereiro
  • NIS terminado em 6: 23 de fevereiro
  • NIS terminado em 7: 26 de fevereiro
  • NIS terminado em 8: 27 de fevereiro
  • NIS terminado em 9: 28 de fevereiro
  • NIS terminado em 0: 29 de fevereiro

É importante ressaltar que essas datas são referentes ao pagamento do mês de fevereiro de 2024. Para os demais meses do ano, é necessário consultar o calendário oficial do Programa Bolsa Família. Lembrando que neste mês de fevereiro está garantido “dois presentes” para os beneficiários.

1º PRESENTE: Bolsa Família pode pagar R$800 em fevereiro

Em janeiro de 2024, foi anunciado pelo Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social (MDS) que os segurados do Bolsa Família receberão um benefício de R$800,00. Esse valor é um acréscimo da parcela regular combinada com benefícios adicionais do programa.

Além da parcela regular, existem dois benefícios adicionais do Bolsa Família: o Benefício Primeira Infância (BPI) e o Benefício Variável Familiar (BVF). O BPI concede um repasse de R$150,00 para famílias com crianças de 0 a 6 anos completos. Já o BVF repassa R$50,00 para famílias com crianças, adolescentes de 7 a 18 anos incompletos, gestantes e nutrizes.

É importante destacar que esses benefícios são ilimitados e podem ser pagos simultaneamente a vários segurados da mesma família. Portanto, é fundamental que as famílias se enquadrem nos critérios estabelecidos para alcançar o valor total de R$800,00.

Para exemplificar como uma família pode alcançar o valor de R$800,00, vamos considerar dois casos:

  1. Parcela Regular + 1 BPC + 1 BVF:
    • Parcela Regular: R$600,00
    • Benefício Primeira Infância: R$150,00
    • Benefício Variável Familiar: R$50,00
    • Total: R$800,00
  2. Parcela Regular + 4 BVF:
    • Parcela Regular: R$600,00
    • Benefício Variável Familiar (4 vezes): R$50,00 + R$50,00 + R$50,00 + R$50,00 = R$200,00
    • Total: R$800,00

2º PRESENTE: Bolsa Família vai pagar R$102 extra em fevereiro, o 1º do ano

No mês de fevereiro, os brasileiros que fazem parte do Bolsa Família receberão o Auxílio Gás no valor de R$ 102,00. Esse valor é destinado à compra de um botijão de gás tradicional, de 13kg.

É importante ressaltar que todos os cidadãos que fazem parte do Bolsa Família têm o direito de solicitar o Vale Gás. Para isso, é necessário comparecer à unidade do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do município.

Para facilitar a organização dos beneficiários, o Bolsa Família estabeleceu um calendário de pagamentos do pagamento de R$102. As datas de pagamento variam de acordo com o final do Número de Identificação Social (NIS) do beneficiário e segue o mesmo cronograma apresentado acima.

Requisitos para receber o Bolsa Família

Para receber o Bolsa Família, as famílias devem atender a alguns requisitos estabelecidos pelo programa. Dentre eles, destacam-se:

  • Frequência escolar: É necessário que crianças e adolescentes entre quatro e 17 anos estejam matriculados e frequentando regularmente a escola. O objetivo é garantir o acesso à educação e combater a evasão escolar.
  • Acompanhamento pré-natal: Gestantes devem realizar o acompanhamento pré-natal, garantindo uma gestação saudável e o acesso aos cuidados necessários.
  • Monitoramento nutricional: É exigido o monitoramento do peso e altura das crianças até sete anos de idade, com o objetivo de verificar seu desenvolvimento e identificar possíveis problemas nutricionais.
  • Adesão ao calendário nacional de vacinação: As famílias devem estar em dia com o calendário nacional de vacinação, garantindo a imunização adequada das crianças.

Esses são apenas alguns dos requisitos estabelecidos. É importante que as famílias beneficiárias estejam atentas às regras do programa e cumpram todas as exigências para continuar recebendo o auxílio.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação

Política de privacidade e cookies