INSSNotícias

DECISÃO 100% ÓTIMA para quem deseja se aposentar no INSS com 35 anos de idade ainda em 2024; foi autorizado!

Veja quem pode conseguir a aposentadoria do INSS mesmo com 35 anos de idade em 2024

Veja quem pode conseguir a aposentadoria do INSS mesmo com 35 anos de idade em 2024
Veja quem pode conseguir a aposentadoria do INSS mesmo com 35 anos de idade em 2024 | Foto: divulgação

A aposentadoria pelo INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) é um benefício previdenciário garantido aos trabalhadores brasileiros que contribuem regularmente para o sistema de seguridade social. Este benefício pode ser acessado por meio de diferentes modalidades, como a aposentadoria por idade e a aposentadoria por tempo de contribuição.

Além dessas modalidades tradicionais, existem regras específicas para profissões de risco, como mineiros e vigilantes, e para pessoas com deficiência, que podem se aposentar com requisitos diferenciados. As reformas da Previdência, que ocorreram ao longo dos anos, têm alterado algumas dessas regras, introduzindo, por exemplo, a regra de pontos e o pedágio, que visam adequar o sistema à nova realidade demográfica e econômica do país.

Pensando nisso, neste artigo, abordaremos como essas regras podem aposentar mesmo quem tem 35 anos de contribuição dentro das normas vigentes do INSS. Vamos lá?

Quem pode se aposentar pelo INSS com 35 anos?

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) realizou importantes mudanças nas regras de aposentadoria no início de 2024, com o objetivo de alinhar a política de seguridade social às novas realidades demográficas do Brasil.

Uma das principais alterações é a introdução da fórmula 86/96, que permite a aposentadoria sem idade mínima para mulheres com 30 anos de contribuição e homens com 35 anos de contribuição. Esta fórmula busca reconhecer e valorizar a longa trajetória de trabalho dos segurados, oferecendo uma alternativa mais flexível para aqueles que iniciaram suas contribuições previdenciárias cedo.

Como as novas regras do INSS impactam na vida do trabalhor?

As mudanças implementadas pelo INSS têm um impacto significativo na vida dos trabalhadores com extensa experiência profissional, com o bojetivo de promover maior equidade no sistema previdenciário. Com as idades mínimas progressivas ajustadas anualmente – aumentando seis meses a cada ano – a transição para a aposentadoria torna-se mais suave para os futuros beneficiários.

Além disso, as regras de transição introduzidas pela Reforma da Previdência foram adaptadas para acomodar aqueles que já estavam no mercado de trabalho antes da implementação das novas normas. Opções como pedágios de 50% e 100% sobre o tempo restante de contribuição foram criadas, oferecendo flexibilidade na escolha do momento mais adequado para a aposentadoria.

Calendário de pagamentos do INSS em julho

Confira abaixo as datas de pagamento do INSS referentes a junho:

Até 1 salário mínimo:

  • Final 1: 25 de julho;
  • Final 2: 25 de junho;
  • Final 3: 29 de julho;
  • Final 4: 30 de julho;
  • Final 5: 31 de julho;
  • Final 6: 1 de agosto;
  • Final 7: 2 de agosto;
  • Final 8: 5 de agosto;
  • Final 9: 6 de agosto;
  • Final 0: 7 de agosto.

Acima de 1 salário mínimo:

  • Finais 1 e 6: 1 de agosto;
  • Finais 2 e 7: 2 de agosto;
  • Finais 3 e 8: 5 de agosto;
  • Finais 4 e 9: 6 de agosto;
  • Finais 5 e 0: 7 de agosto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *