Revista dos Benefícios

CONVOCAÇÃO GERAL hoje (17/05) para Saque de R$117, R$588 a até R$1.412,00 antecipado; descubra se você recebe o valor CHEIO!

CAIXA
CAIXA – Imagem: Reprodução.

As fortes chuvas que atingiram recentemente o estado do Rio Grande do Sul deixaram um rastro de devastação, afetando severamente a vida de muitas famílias.

Em resposta a essa situação de emergência, o Governo Federal anunciou a antecipação do pagamento do abono salarial do PIS/PASEP, uma iniciativa crucial para auxiliar os atingidos pela tragédia a reconstruir suas vidas.

A saber, o abono salarial do PIS/PASEP é um benefício anual concedido pelo Governo Federal aos trabalhadores que atendem a determinados requisitos. Esse auxílio tem o objetivo de complementar a renda dos profissionais que recebem até dois salários mínimos mensais.

Para ter direito ao abono salarial, o trabalhador precisa estar cadastrado no PIS/PASEP há, pelo menos, cinco anos e ter trabalhado por um período mínimo de 30 dias durante o ano-base anterior. O valor do benefício é equivalente a um salário mínimo vigente no ano de pagamento, que em 2024 deverá ser de R$ 1.412.

Quem pode receber o benefício antecipado?

A convocação geral para o saque antecipado do abono salarial do PIS/PASEP se aplica, neste momento, aos trabalhadores residentes no estado do Rio Grande do Sul. Essa medida tem o objetivo de garantir que as famílias atingidas pelas fortes chuvas possam contar com esse recurso para auxiliar na reconstrução de suas vidas.

Para se qualificar para o recebimento antecipado, o trabalhador precisa atender aos mesmos requisitos estabelecidos para o recebimento regular do abono salarial, ou seja, estar cadastrado no PIS/PASEP há, pelo menos, cinco anos e ter trabalhado por, no mínimo, 30 dias em 2022, com remuneração de até dois salários mínimos.

Quando será realizado o pagamento antecipado?

Apesar de o Governo Federal ainda não ter divulgado a data exata para o pagamento antecipado do abono salarial no Rio Grande do Sul, a expectativa é de que esse novo calendário seja anunciado em breve.

É importante ressaltar que, além da antecipação do PIS/PASEP, outras medidas de auxílio também estão sendo disponibilizadas aos moradores do Rio Grande do Sul.

Entre elas, destacam-se a liberação de parcelas adicionais do seguro-desemprego, o pagamento antecipado do Bolsa Família e do Auxílio Gás, bem como o saque calamidade do FGTS para aqueles com emprego formal.

Tabela de valores do PIS/Pasep 2024

Veja os valores do PIS/Pasep em 2024:

  • 1 mês trabalhado – R$ 117,66;
  • 2 meses trabalhados – R$ 235,32;
  • 3 meses de trabalho – R$ 352,98;
  • 4 meses de trabalho – R$ 470,64;
  • 5 meses de trabalho – R$ 588,30;
  • 6 meses de trabalho – R$ 705,96;
  • 7 meses trabalhados – R$ 823,62;
  • 8 meses trabalhados – R$ 941,28;
  • 9 meses trabalhados – R$ 1.058,94;
  • 10 meses trabalhados – R$ 1.176,60;
  • 11 meses trabalhados – R$ 1.294,26;
  • 12 meses trabalhados – R$ 1.412,00.

Outros auxílios governamentais para as famílias afetadas

Além da antecipação do abono salarial do PIS/PASEP, o Governo Federal tem implementado outras medidas de apoio aos moradores do Rio Grande do Sul que sofreram com as enchentes. Essas iniciativas visam mitigar os impactos da tragédia e auxiliar na retomada da normalidade.

Liberação de Parcelas Adicionais do Seguro-Desemprego

Para os trabalhadores que perderam seus empregos em decorrência das enchentes, o governo anunciou a liberação de parcelas adicionais do seguro-desemprego. Esse benefício tem o objetivo de garantir uma renda temporária enquanto os afetados buscam se recolocar no mercado de trabalho.

Pagamento Antecipado do Bolsa Família e Auxílio Gás

Famílias beneficiárias do Bolsa Família e do Auxílio Gás também terão acesso aos seus pagamentos de forma antecipada, proporcionando-lhes um alívio imediato em suas despesas.

Saque Calamidade do FGTS

Para os trabalhadores com vínculo formal de emprego, o governo liberou o saque calamidade do FGTS. Esse recurso pode ser utilizado pelas famílias para custear reparos em suas residências e aquisição de bens essenciais.

Essas medidas complementares, somadas à antecipação do abono salarial do PIS/PASEP, compõem um conjunto de ações governamentais voltadas a apoiar integralmente as famílias atingidas pelas enchentes no Rio Grande do Sul.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação

Política de privacidade e cookies