Revista dos Benefícios

Muita gente já está recebendo a RESTITUIÇÃO do Imposto de Renda desde o dia 28/03/2024

Muita gente já está recebendo a RESTITUIÇÃO do Imposto de Renda desde o dia 28/03/2024
Muita gente já está recebendo a RESTITUIÇÃO do Imposto de Renda desde o dia 28/03/2024 – Imagem: Agência Brasil.

Se você está ansioso para receber a restituição do Imposto de Renda, saiba que você não está sozinho. A Receita Federal já iniciou o pagamento das restituições para os contribuintes que estiveram na malha fina em anos anteriores.

Neste texto, vamos abordar todos os detalhes sobre como receber a restituição do Imposto de Renda, incluindo quem tem direito, como funciona o pagamento e como verificar se você está na lista de beneficiados.

Pagamento da restituição do Imposto de Renda desde o dia 28/03; entenda

ATENÇÃO! Desde a última quinta-feira (28), a Receita Federal iniciou o pagamento das restituições do Imposto de Renda para contribuintes que estiveram na malha fina em anos anteriores.

Segundo informações, mais de 200 mil pessoas serão beneficiadas, com um total que ultrapassa os R$ 339 milhões. Entre os contemplados estão: idosos com mais de 80 anos, contribuintes entre 60 e 79 anos, pessoas com deficiência física, mental ou portadoras de doenças graves, profissionais da área de magistério e aqueles que optaram pelo recebimento da restituição via PIX ou utilizaram a Declaração Pré-preenchida.

A restituição do Imposto de Renda é um valor pago pela Receita Federal aos contribuintes que pagaram mais impostos do que o devido durante o ano fiscal. Para ter direito à restituição, é necessário ter entregue a declaração do Imposto de Renda e ter sido selecionado para receber o valor de volta.

Entre os contribuintes que têm direito à restituição, estão os idosos com mais de 80 anos, os contribuintes entre 60 e 79 anos, pessoas com deficiência física, mental ou portadoras de doenças graves, além de profissionais da área de magistério e aqueles que optaram pelo recebimento da restituição via PIX ou utilizaram a Declaração Pré-preenchida.

Como funciona o pagamento da restituição?

Os pagamentos das restituições do Imposto de Renda são realizados diretamente na conta bancária informada na declaração do Imposto de Renda. Caso você tenha optado pelo recebimento via PIX, o valor será creditado na chave PIX indicada por você.

É importante ressaltar que, caso haja alguma impossibilidade de crédito, como a desativação da conta informada, os valores ficarão disponíveis para resgate por até um ano no Banco do Brasil. Após esse prazo, será necessário solicitar o resgate através do Portal e-CAC da Receita Federal.

Como saber se estou na lista de beneficiados

Para verificar se você está na lista de beneficiados com a restituição do Imposto de Renda, você pode acessar o site da Receita Federal ou utilizar um aplicativo específico para tablets e smartphones.

Essas ferramentas facilitam a consulta das informações sobre a liberação das restituições do IR e a situação cadastral do CPF.

Além disso, é possível obter informações detalhadas sobre a declaração através do canal ‘Meu Imposto de Renda’, disponível no Portal e-CAC ou nos aplicativos para dispositivos móveis.

Com essas ferramentas, você poderá acompanhar de perto o status da sua restituição e verificar se ela já foi liberada para pagamento.

Calendário de pagamentos da restituição do Imposto de Renda

O calendário de pagamentos da restituição do Imposto de Renda 2024 segue a mesma base do ano anterior. O primeiro depósito acontece no último dia de entrega da declaração, incluindo o grupo com prioridade legal e aqueles que entregaram no início do prazo.

Os depósitos ocorrem sempre no último dia útil do mês, e o valor é depositado na conta corrente informada ou naquela em que a chave PIX de número do CPF estiver cadastrada. Confira as datas de pagamento:

  • 1º lote de restituição – 31 de maio;
  • 2º lote de restituição – 28 de junho;
  • 3º lote de restituição – 31 de julho;
  • 4º lote de restituição – 30 de agosto;
  • 5º lote de restituição – 30 de setembro.

Vale ressaltar que é possível antecipar o pagamento da restituição do Imposto de Renda de forma legal. Consulte as opções disponíveis e verifique se essa é uma boa estratégia para você.

Retificação da declaração e restituição excedente

Caso seja necessário corrigir eventuais erros na declaração do Imposto de Renda, você pode retificá-la. Após a retificação, se houver imposto a restituir, o valor excedente será devolvido na conta bancária indicada na própria declaração.

É importante lembrar que a retificação da declaração só é possível dentro do prazo determinado pela Receita Federal. Portanto, esteja atento aos prazos e, caso identifique algum erro na sua declaração, faça a retificação o mais rápido possível para evitar problemas futuros.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação

Política de privacidade e cookies