Revista dos Benefícios

Saiu AGORA (03/05/2024)! INSS bate o martelo e LIBERA 50% EXTRA no pagamento DESTES BENEFICIÁRIOS com NIS finais 9, 1, 4, 2, 6, 0, 5, 8, 7 e 3

Saiu AGORA (02/05/2024)! INSS bate o martelo e LIBERA 50% EXTRA no pagamento DESTES BENEFICIÁRIOS com NIS finais 9, 1, 4, 2, 6, 0, 5, 8, 7 e 3
Saiu AGORA! INSS bate o martelo e LIBERA 50% EXTRA no pagamento DESTES BENEFICIÁRIOS com NIS finais 9, 1, 4, 2, 6, 0, 5, 8, 7 e 3 – Imagem: Reprodução.

O 13º salário, também conhecido como abono anual, é um benefício concedido pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) a aposentados, pensionistas e outros beneficiários. Esse pagamento extraordinário corresponde a uma renda adicional, tradicionalmente oferecida no final do ano. No entanto, desde 2020, tem sido antecipado em determinadas circunstâncias.

Neste ano de 2024, seguirão recebendo o 13º salário os indivíduos que possuem direito a aposentadorias, pensões por morte, auxílio-reclusão, entre outros. Beneficiários de auxílios por incapacidade temporária e auxílio-acidente também estão inclusos neste grupo.

A expectativa é que cerca de 33 milhões de segurados se beneficiem desta primeira parcela, projetando uma injeção de R$ 33,4 bilhões na economia brasileira.

Calendário de pagamentos da antecipação do 13º salário do INSS

Os pagamentos são organizados em duas faixas: para quem recebe até 1 salário mínimo e para quem recebe acima desse valor. Na última quarta-feira (24), o INSS começou a pagar a primeira parcela do 13º salário.

Os beneficiários recebem conforme o número final do seu cartão de benefício, seguindo um calendário específico estabelecido pelo INSS. Confira as datas:

Primeira parcela para quem ganha até 1 salário mínimo:

  • Final do benefício 1: pagamento em 24 de abril;
  • Final do benefício 2: pagamento em 25 de abril;
  • Final do benefício 3: pagamento em 26 de abril;
  • Final do benefício 4: pagamento em 29 de abril;
  • Final do benefício 5: pagamento em 30 de abril;
  • Final do benefício 6: pagamento em 02 de maio;
  • Final do benefício 7: pagamento em 03 de maio;
  • Final do benefício 8: pagamento em 06 de maio;
  • Final do benefício 9: pagamento em 07 de maio;
  • Final do benefício 0: pagamento em 08 de maio.

Primeira parcela para quem ganha acima de 1 salário mínimo:

  • Final do benefício 1 e 6: pagamento em 02 de maio;
  • Final do benefício 2 e 7: pagamento em 03 de maio;
  • Final do benefício 3 e 8: pagamento em 06 de maio;
  • Final do benefício 4 e 9: pagamento em 07 de maio;
  • Final do benefício 5 e 0: pagamento em 08 de maio.

Segunda parcela para quem ganha até 1 salário mínimo:

  • Final do benefício 1: pagamento em 24 de maio;
  • Final do benefício 2: pagamento em 27 de maio;
  • Final do benefício 3: pagamento em 28 de maio;
  • Final do benefício 4: pagamento em 29 de maio;
  • Final do benefício 5: pagamento em 31 de maio;
  • Final do benefício 6: pagamento em 03 de junho;
  • Final do benefício 7: pagamento em 04 de junho;
  • Final do benefício 8: pagamento em 05 de junho;
  • Final do benefício 9: pagamento em 06 de junho;
  • Final do benefício 0: pagamento em 07 de junho.

Segunda parcela para quem ganha acima de 1 salário mínimo:

  • Final do benefício 1 e 6: pagamento em 03 de junho;
  • Final do benefício 2 e 7: pagamento em 04 de junho;
  • Final do benefício 3 e 8: pagamento em 05 de junho;
  • Final do benefício 4 e 9: pagamento em 06 de junho;
  • Final do benefício 5 e 0: pagamento em 07 de junho.

Para mais informações, os beneficiários devem consultar o site ou aplicativo Meu INSS ou entrar em contato direto através do número 135. Beneficiários do BPC (Benefício de Prestação Continuada), tanto aposentados quanto deficientes de baixa renda, não têm direito ao 13º salário.

Desde o ano de 2020, o INSS tem antecipado o pagamento do 13º salário. Inicialmente, essa medida foi uma resposta à crise econômica desencadeada pela pandemia de Covid-19. Nos anos seguintes, 2022 e 2023, a antecipação continuou como uma estratégia para estimular a economia brasileira.

O impacto da antecipação na economia brasileira

A antecipação do 13º salário do INSS tem um impacto significativo na economia brasileira. Ao injetar cerca de R$ 33,4 bilhões na economia, estima-se que haverá um aumento no consumo, beneficiando diversos setores, como comércio, serviços e indústria.

O dinheiro extra recebido pelos segurados do INSS pode ser utilizado para o pagamento de dívidas, compra de produtos ou até mesmo para investimentos.

Essa injeção de recursos proporciona um estímulo econômico importante, principalmente em momentos de crise financeira. O aumento do consumo impulsiona a atividade econômica, gerando empregos e movimentando diferentes setores da economia. Além disso, a antecipação do 13º salário pode ajudar na recuperação de pequenos negócios e na manutenção de empregos.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação

Política de privacidade e cookies