Revista dos Benefícios

PRESENTÃO HOJE (16/05/2024)! IDOSOS de 60,61,62,63,64,65 anos pra cima ganham ISENÇÃO no pagamento destas 4 dívidas – é para pular de alegria!

PRESENTÃO HOJE (15/05/2024)! IDOSOS de 60,61,62,63,64,65 anos pra cima ganham ISENÇÃO no pagamento destas 4 dívidas - é para pular de alegria!
PRESENTÃO HOJE! IDOSOS de 60,61,62,63,64,65 anos pra cima ganham ISENÇÃO no pagamento destas 4 dívidas – é para pular de alegria! – Imagem: Reprodução.

A transição para a terceira idade traz consigo uma série de desafios, tanto emocionais quanto financeiros. No entanto, a legislação brasileira prevê diversos benefícios que visam facilitar a vida dos cidadãos acima de 60 anos. Um desses destaques é a possibilidade de isenção no pagamento de certas dívidas, proporcionando um alívio significativo para esse público.

A Lei do Superendividamento, aprovada em 2021, foi um marco importante na proteção dos direitos dos cidadãos brasileiros, especialmente daqueles acima de 60 anos.

Essa legislação estabelece que os idosos passem a contar com uma série de benefícios e facilidades no processo de renegociação de dívidas. Um dos principais aspectos da lei é a isenção do pagamento de taxas e juros abusivos.

Isso significa que as empresas, sejam elas bancos, financeiras ou prestadoras de serviços públicos, são obrigadas a oferecer condições especiais de negociação para esse público, evitando que eles sejam sobrecarregados por encargos excessivos.

Além disso, a lei determina que o pagamento das dívidas não pode comprometer de forma significativa os rendimentos dos idosos. Isso garante que eles possam quitar seus débitos sem prejudicar sua qualidade de vida e acesso a bens e serviços essenciais.

As 4 dívidas isentas para idosos

De acordo com a Lei do Superendividamento, existem quatro categorias específicas de dívidas que podem ser isentas para os cidadãos acima de 60 anos. Vamos explorar cada uma delas:

1. Contas de consumo

Estão incluídas nessa categoria as contas de água, luz, gás, telefone e internet. Ou seja, os idosos têm o direito de renegociar esses débitos com isenção de taxas e juros, desde que comprovem que se tratam de serviços essenciais.

2. Boletos e carnês

Qualquer boleto ou carnê relacionado ao consumo de serviços essenciais também pode ser objeto de isenção. Isso inclui, por exemplo, faturas de planos de saúde, seguros obrigatórios e outras despesas básicas.

3. Dívidas bancárias

Empréstimos, crediários e parcelamentos contratados com bancos também estão contemplados pela lei. Nesse caso, os idosos podem solicitar condições especiais de renegociação, como redução de juros e prazos mais longos de quitação.

4. Dívidas com financeiras

Assim como as dívidas bancárias, os débitos contraídos com empresas financeiras, como aquelas que oferecem serviços de empréstimos, crediários e parcelamentos, também podem ser objeto de isenção para os idosos.

Outros benefícios para idosos

Além da isenção de dívidas, a legislação brasileira prevê outras benefícios e facilidades para os cidadãos acima de 60 anos. Alguns exemplos incluem:

Descontos em Transportes

Os idosos têm direito a descontos em passagens de ônibus, metrô, trem e até mesmo em viagens aéreas. Essa é uma importante alternativa para garantir a mobilidade e a acessibilidade desse público.

Isenção de Impostos

Determinados impostos, como o IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) e o IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano), podem ser isentos ou ter alíquotas reduzidas para os idosos, dependendo da legislação local.

Prioridade em Atendimento
Idosos têm prioridade de atendimento em bancos, repartições públicas, hospitais e outros estabelecimentos, evitando que eles precisem enfrentar longas filas e esperas.

Programas Sociais

Existem diversos programas governamentais, como o Bolsa Família, que oferecem benefícios específicos para a população idosa, contribuindo para sua seguridade social.

Essas são apenas algumas das facilidades disponíveis para os cidadãos acima de 60 anos no Brasil. É importante que os idosos estejam cientes de seus direitos e busquem usufruir desses benefícios, a fim de garantir uma transição mais suave e uma melhor qualidade de vida na terceira idade.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação

Política de privacidade e cookies