Direitos do TrabalhadorEconomiaGeral

Confira se o seu CPF foi PREMIADO HOJE (25/02): CAIXA libera R$ 823, R$ 941 e até mais e brasileiros soltam fogos

Dinheiro. Foto: Reprodução

Quando se trata de escolher um banco para abrir uma conta, é comum considerar bancos públicos, como a CAIXA Econômica Federal e o Banco do Brasil. Ambos são instituições financeiras de destaque no Brasil e oferecem uma variedade de serviços bancários para atender às necessidades dos clientes.

A CAIXA Econômica Federal é conhecida por suas vantagens específicas. Se você está planejando financiar um imóvel, a CAIXA é uma excelente opção, pois oferece as menores taxas de juros do mercado. Além disso, a CAIXA possui uma variedade de programas habitacionais que facilitam a aquisição da casa própria.

Por outro lado, o Banco do Brasil também oferece vantagens exclusivas. O Banco do Brasil é conhecido por seus cartões de crédito, que são considerados alguns dos melhores do país. Os cartões de crédito do Banco do Brasil oferecem uma variedade de benefícios e vantagens, como programas de recompensas e ofertas exclusivas.

Como receber R$ 823 e R$ 941 na CAIXA e Banco do Brasil

  • Se você é um trabalhador brasileiro, com certeza já ouviu falar do abono salarial, um benefício concedido pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) que visa auxiliar os trabalhadores com uma renda extra.
  • O abono salarial é um direito garantido por lei e pode fazer toda a diferença no orçamento de muitas famílias.
  • A saber, a Caixa e Banco do Brasil são os responsáveis pelos pagamentos.
  • Uma das primeiras dúvidas que surgem quando se fala em abono salarial é sobre como verificar o valor aprovado para saque.
  • Felizmente, o processo é simples e pode ser feito de forma online, através da Carteira de Trabalho Digital e do portal Gov.br.
  • Para realizar a consulta, você precisará ter em mãos o número do CPF e a senha de acesso.
  • Ao realizar o login, será possível consultar os valores, datas e bancos de pagamento referentes ao abono salarial.
  • É importante ressaltar que as informações são atualizadas regularmente, por isso é fundamental ficar atento às datas de pagamento.

 

Calendário do abono salarial em 2024

O calendário do abono salarial em 2024 considera tanto os trabalhadores da iniciativa privada quanto os servidores públicos. O pagamento é realizado de acordo com o mês de nascimento do trabalhador, seguindo uma ordem cronológica.

Confira abaixo as datas de pagamento do PIS e do PASEP em 2024:

PIS

  • Janeiro: 15 de fevereiro de 2024
  • Fevereiro: 15 de março de 2024
  • Março: 14 de abril de 2024
  • Abril: 15 de abril de 2024
  • Maio: 15 de maio de 2024
  • Junho: 15 de maio de 2024
  • Julho: 15 de junho de 2024
  • Agosto: 15 de junho de 2024
  • Setembro: 15 de julho de 2024
  • Outubro: 15 de julho de 2024
  • Novembro: 15 de agosto de 2024
  • Dezembro: 15 de agosto de 2024

É importante destacar que as datas de pagamento podem sofrer alterações, por isso é fundamental ficar atento às informações divulgadas pelo Ministério do Trabalho e Emprego. O valor do abono salarial varia de acordo com a quantidade de meses trabalhados em 2022. Quanto mais meses o trabalhador tiver trabalhado, maior será o valor do benefício.

Para receber uma quantia de R$823,66 ou R$941,33, os trabalhadores deverão ter trabalhado durante sete ou oito meses, respectivamente. Confira abaixo a tabela completa com os valores do abono salarial para 2024:

Meses TrabalhadosValor do Abono Salarial
1 mêsR$ 118
2 mesesR$ 235,33
3 mesesR$ 353,00
4 mesesR$ 470,65
5 mesesR$ 588,32
6 mesesR$ 706,00
7 mesesR$ 823,66
8 mesesR$ 941,33
9 mesesR$ 1.059,00
10 mesesR$ 1.176,68
11 mesesR$ 1.294,34
12 mesesR$ 1.412,00

É importante ressaltar que esses valores são atualizados anualmente e podem variar de acordo com os critérios estabelecidos pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

Quem tem direito ao Saque do Abono Salarial em 2024?

Para ter direito ao saque do abono salarial em 2024, é necessário atender a alguns critérios de elegibilidade estabelecidos pelo Ministério do Trabalho e Emprego. Confira abaixo os requisitos para receber o benefício:

  • Estar inscrito nos programas do PIS/PASEP há, pelo menos, cinco anos;
  • Ter trabalhado com carteira assinada por, pelo menos, 30 dias consecutivos ou não;
  • Ter recebido até dois salários mínimos;
  • Ter os dados trabalhistas devidamente informados e atualizados na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).

É importante ressaltar que é necessário ter, pelo menos, cinco anos de carteira assinada para ter direito ao PIS/PASEP, mesmo que tenha trabalhado apenas alguns meses no ano de referência. Além disso, o período padrão de inscrição no PIS/PASEP é de cinco anos, ou seja, somente após esse tempo o trabalhador terá direito ao primeiro abono salarial, desde que cumpra os demais requisitos.

Saulo Moreira

Idealizador do site Revista dos Benefícios, sou graduado em Ciências Contábeis pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB), com mais de 15 anos em experiência textual e 30 mil textos publicados.