Revista dos Benefícios

Bolsa Família: Como saber se fui aprovado HOJE e onde fazer a consulta

Bolsa Família
Bolsa Família – Imagem: Reprodução.

O Bolsa Família é um dos programas sociais mais importantes do Brasil, ajudando milhões de famílias em situação de vulnerabilidade. Para aqueles que estão na fila de espera do programa, é essencial saber se foram aprovados para receber a nova parcela no mês de março.

O Bolsa Família é um dos programas sociais mais importantes do Brasil, reconhecido internacionalmente por ter tirado milhões de famílias da pobreza e da fome. Implementado pelo Governo Federal, esse programa busca garantir uma renda básica para as famílias em situação de vulnerabilidade, ao mesmo tempo em que promove a integração com outras políticas públicas, fortalecendo o acesso a direitos fundamentais, como saúde, educação e assistência social.

Como saber se fui aprovado no Bolsa Família?

A primeira pergunta que muitos beneficiários têm é: como saber se fui aprovado no Bolsa Família? Existem várias maneiras de descobrir se o seu cadastro foi aprovado:

  1. Aplicativo do Bolsa Família: O aplicativo oficial do Bolsa Família permite que você consulte se foi aprovado no programa. Basta fazer o login com o seu CPF ou NIS e verificar o status do seu cadastro.
  2. Aplicativo do CadÚnico: O Cadastro Único (CadÚnico) é utilizado para selecionar os beneficiários do Bolsa Família. O aplicativo do CadÚnico também permite que você verifique se foi aprovado no programa.
  3. Portal Cidadão da Caixa: O Portal Cidadão da Caixa é outra opção para consultar se você foi aprovado no Bolsa Família. Acesse o site e faça o login com o seu CPF ou NIS para verificar o status do seu cadastro.
  4. Aplicativo Caixa Tem: O aplicativo Caixa Tem, utilizado para acessar outros programas sociais, também oferece a opção de consulta do Bolsa Família. Faça o login com o seu CPF ou NIS para verificar se você foi aprovado.
  5. Telefone 121 do MDS: O Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) disponibiliza um telefone de atendimento, o 121, onde você pode consultar se foi aprovado no Bolsa Família.
  6. Central da Caixa: Você também pode ligar para a Central da Caixa no número 111 e verificar se o seu cadastro foi aprovado.

Além dessas opções, as famílias aprovadas para receber o benefício também receberão uma carta enviada pela Caixa para o endereço informado no cadastro do CadÚnico. O governo também enviará o cartão do Bolsa Família para o mesmo endereço informado no Cadastro Único, por isso é importante manter sempre os dados atualizados.

Como desbloquear o cartão Bolsa Família?

Caso você tenha sido aprovado no Bolsa Família, mas esteja com o cartão bloqueado, é possível desbloqueá-lo seguindo alguns passos simples:

  1. Ligue para o Atendimento Caixa ao Cidadão: Para realizar o desbloqueio do cartão Bolsa Família, entre em contato com o Atendimento Caixa ao Cidadão no telefone 0800 726 02 07. Digite a opção 5 (Cartão Social e Senha do Cartão Social) e, em seguida, digite a opção 2 (Desbloqueio do cartão social, cadastramento ou recadastramento de senha).

Quanto tempo leva para ser aprovado no Bolsa Família?

Muitas pessoas têm dúvidas sobre quanto tempo leva para ser aprovado no Bolsa Família. O governo federal não estipula um prazo mínimo para a aprovação no programa. Portanto, não é possível afirmar exatamente quanto tempo demora para ser aprovado após o cadastro no CadÚnico.

No entanto, é importante ressaltar que todos os meses o governo realiza a checagem dos cadastros das famílias inscritas no Bolsa Família antes de processar uma nova folha de pagamento. Durante esse processo, ocorre a saída de beneficiários que deixaram de cumprir as condicionalidades para continuar recebendo o benefício e a entrada de novas famílias nas vagas disponíveis.

Como fazer a inscrição no Bolsa Família?

Para receber o Bolsa Família, não é necessário fazer uma inscrição específica. A seleção dos beneficiários é feita de forma automática pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) a partir do banco de dados do Cadastro Único (CadÚnico). Portanto, é fundamental que a família esteja inscrita no CadÚnico e com todos os dados corretos e atualizados nos últimos dois anos.

O cadastro no CadÚnico é feito nos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS) ou postos de atendimento do município mediante a apresentação dos documentos de todos os integrantes da família. É importante ressaltar que a inscrição no Cadastro Único não garante a entrada imediata no Bolsa Família. A aprovação do benefício ainda depende de outros fatores, como a disponibilidade no orçamento do programa.

Para ter direito ao Bolsa Família, é necessário ter uma renda mensal por pessoa de até R$ 218 e estar inscrito no Cadastro Único. Além disso, existem outras faixas de renda que permitem a inscrição no CadÚnico. Atualmente, podem se inscrever:

  • Famílias com renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa (R$ 706);
  • Famílias com renda mensal maior que meio salário mínimo por pessoa, mas que o cadastramento esteja vinculado à inclusão ou acompanhamento em programas sociais do governo;
  • Pessoas que vivem em situação de rua (sozinhas ou com família);
  • Pessoas que moram sozinhas, desde que atendam aos critérios de renda mencionados acima.

Adicionais do Bolsa Família

O Bolsa Família oferece diversos benefícios para as famílias cadastradas no programa. Cada benefício é destinado a uma determinada situação ou grupo familiar. Conheça os principais benefícios do Bolsa Família:

  1. Benefício de Renda de Cidadania (BRC): Esse é o benefício principal do programa, que oferece uma quantia mensal para cada integrante da família cadastrada.
  2. Benefício Complementar (BCO): É um valor suplementar destinado às famílias cuja soma dos benefícios não atinge o valor de R$ 600.
  3. Benefício Primeira Infância (BPI): Destinado às famílias com crianças de zero a sete anos, esse benefício oferece um valor adicional de R$ 150 por criança.
  4. Benefício Variável Familiar (BVF): Esse benefício é destinado a gestantes e jovens de 7 a 18 anos, oferecendo um acréscimo de R$ 50 por pessoa.
  5. Benefício Variável Familiar Nutriz (BVN): Destinado a famílias com crianças de até sete meses de idade, esse benefício oferece um suplemento de R$ 50 por criança.
  6. Benefício Extraordinário de Transição (BET): Esse benefício foi criado para garantir que nenhum beneficiário receba uma quantia inferior ao programa anterior (Auxílio Brasil) em circunstâncias específicas até maio de 2025.

Para receber o Bolsa Família, é necessário que a família atenda a alguns requisitos estabelecidos pelo programa. Alguns desses requisitos incluem:

  • Possuir uma renda per capita de até R$ 218 mensais para entrar no programa;
  • Ter crianças e adolescentes entre 0 e 17 anos;
  • Estar com a vacinação em dia;
  • Cumprir com as exigências de frequência escolar para crianças e adolescentes;
  • Participar do acompanhamento pré-natal para gestantes;
  • Manter o monitoramento nutricional das crianças até sete anos;
  • Seguir o calendário nacional de vacinação.

Perguntas Frequentes sobre o Bolsa Família

Como vai funcionar o Bolsa Família?

Todas as famílias beneficiárias do Bolsa Família receberão um valor mínimo de R$ 600. Além disso, haverá um adicional de R$ 150 por criança de até seis anos a partir de março de 2023. Para as famílias com integrantes entre 7 e 18 anos incompletos, bem como gestantes, será pago um adicional de R$ 50 (Benefício Variável Familiar) a partir de junho de 2023.

Quem pode ingressar no programa?

Para ingressar no Bolsa Família, a família precisa ter uma renda mensal de até R$ 218 por pessoa. Isso significa que a renda total da família, dividida pelo número de pessoas que a compõem, não pode ultrapassar esse valor. É importante ressaltar que a família precisa estar inscrita no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), com os dados corretos e atualizados.

Como se inscrever?

A inscrição no Bolsa Família pode ser feita em um posto de cadastramento ou atendimento da assistência social no município. É necessário apresentar os documentos solicitados e preencher o formulário de inscrição. Para encontrar o posto de atendimento mais próximo, saber quais documentos são necessários ou obter outras informações, acesse a página do Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome.

O que fazer para continuar recebendo o benefício?

Para continuar recebendo o benefício do Bolsa Família, é importante manter os dados cadastrais sempre atualizados. Qualquer mudança no endereço, telefone de contato ou composição da família, como nascimento de uma criança, falecimento de um membro da família, casamento ou adoção, deve ser informada ao setor responsável pelo cadastramento no município.

Quais as condições necessárias para permanecer no programa?

Além de manter os dados cadastrais atualizados, as famílias beneficiárias do Bolsa Família devem cumprir algumas condições, chamadas de condicionalidades. Entre elas, estão a frequência escolar de crianças e adolescentes entre 4 e 17 anos, o acompanhamento pré-natal para gestantes, o acompanhamento nutricional das crianças até 6 anos e a manutenção do caderno de vacinação atualizado.

O que acontece se a renda familiar mensal subir?

Com a Regra de Proteção, que será implementada a partir de junho de 2023, caso a família melhore de vida e a renda por pessoa ultrapasse o critério de entrada no programa (linha de pobreza), até o limite de meio salário-mínimo, o benefício não será cortado imediatamente. A família poderá continuar recebendo 50% do valor do benefício por até dois anos.

Como obter informações sobre o benefício?

O Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome oferece diferentes canais de contato para obter informações sobre o Bolsa Família. É possível entrar em contato por meio da Central MDS 121, que funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h. Também é possível registrar uma demanda pelo formulário eletrônico disponível no site do Ministério. Além disso, o aplicativo Bolsa Família permite consultar informações sobre o benefício, como valor, situação e data de pagamento.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação

Política de privacidade e cookies