NotíciasEconomia

ANVISA decretou: A retirada urgente da 3º maior marca de chocolates do Brasil, é de cair da cadeira

ANVISA e chocolate
ANVISA e chocolate Foto: Reprodução

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) desempenha um papel crucial na proteção da saúde pública no Brasil.

Responsável por regulamentar e fiscalizar produtos e serviços que impactam a saúde, a Anvisa assegura que medicamentos, alimentos, cosméticos, produtos de limpeza e outros itens estejam em conformidade com as normas de segurança e qualidade.

Além disso, trabalha em conjunto com as Vigilâncias Sanitárias estaduais e municipais para garantir o cumprimento das regulamentações em todo o país, prevenindo riscos à saúde dos consumidores.

Recentemente, a Anvisa barrou a comercialização de uma grande marca de chocolate devido a irregularidades.

ANVISA proíbe grande marca do CHOCOLATES por conta de fragmentos com VIDRO!

No dia 18 de outubro de 2022, de acordo com o portal ‘G1’, a Anvisa proibiu a venda e distribuição de dois lotes de chocolates da marca Garoto devido ao risco de conterem fragmentos de vidro.

Essa notícia surpreendeu o país, uma vez que a Garoto é uma das maiores marcas do mercado brasileiro.

A proibição afetou as barras de chocolate ao leite com castanhas de caju e chocolate ao leite com castanhas de caju e uvas passas, dos lotes 225212941G e 225312941G, que foram recolhidos imediatamente.

É importante destacar que, na época, os outros produtos da Garoto continuaram próprios para consumo.

O que diz a GAROTO?

A Garoto, em uma nota enviada ao portal ‘G1’ na época, informou que rapidamente recolheu os sabores de chocolates que poderiam estar contaminados com fragmentos de vidro.

Eles seguiram rigorosamente as orientações da Anvisa, priorizando a segurança dos consumidores. Veja o que a empresa disse a seguir:

“A GAROTO informa que está promovendo o recolhimento voluntário de um lote do tablete Chocolate Garoto 80g Caju (L 225212941G, validade 09/09/2023) e um lote do tablete Chocolate Garoto 80g Caju e Passas (L 225312941G, validade 10/09/2023), após ter identificado a possibilidade remota de que algumas unidades desses lotes tenham sido produzidas com pequenos fragmentos de vidro.

A empresa suspendeu imediatamente a distribuição e comercialização desses dois lotes de produtos e esclarece que a ação de recolhimento é restrita aos Estados de Santa Catarina e Espírito Santo, onde os lotes foram distribuídos. Grande parte das unidades envolvidas já foi recolhida pela empresa, que está colaborando com as autoridades para que as demais unidades sejam recolhidas.

A suspeita da presença de pequenos fragmentos de vidro provém da quebra de um sensor na linha de fabricação, que pode ter tido algum contato com os referidos lotes. A empresa reforça que a qualidade e segurança de seus produtos são prioridades inegociáveis, e que adota rígidos padrões e controles em todas as etapas do processo produtivo e de distribuição.

A GAROTO reforça seu compromisso com a segurança dos seus consumidores e disponibiliza os canais 0800 055 95 50 e sacgaroto@garoto.com.br para contato.”

Como fazer uma denúncia para a ANVISA?

Para fazer uma denúncia à Anvisa, você pode usar o site da Ouvidoria, o telefone 0800 64 29782, comparecer pessoalmente a qualquer unidade da Vigilância Sanitária do seu estado ou usar o aplicativo ‘Fale com a Ouvidoria’.

Tenha em mãos o nome da empresa, o produto envolvido e o tipo de infração.