EconomiaGeral

ALERTA CAIXA HOJE (26/02) para portadores de CPF com os finais 1,2,3,4,5,6,7,8,9 e 0

ALERTA CAIXA HOJE (17/02) para portadores de CPF com os finais 1,2,3,4,5,6,7,8,9 e 0
ALERTA CAIXA HOJE para portadores de CPF com os finais 1,2,3,4,5,6,7,8,9 e 0. Foto: Reprodução

A Caixa Econômica Federal emitiu um importante alerta para os brasileiros que possuem CPF com os finais 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9 e 0 com o intuito de auxiliar aqueles que estão com restrição de crédito, mais conhecidos como “nome sujo”, a retomar o controle de suas finanças e limpar o seu nome.

A saber, a Caixa voltou a falar sobre o programa social Desenrola Brasil, que foi criado pelo governo com o objetivo ajudar os brasileiros inadimplentes a regularizarem a sua situação financeira. Essa iniciativa tem sido amplamente utilizada e vem trazendo benefícios significativos para os endividados.

Inicialmente previsto para encerrar em dezembro de 2023, o Desenrola Brasil foi prorrogado até março de 2024 devido à grande adesão e aos resultados positivos alcançados. Diversos bancos, como Caixa, Banco do Brasil, Santander, Bradesco, Itaú, Nubank, Banco Inter, Banco Pan, PagBank e PicPay, aderiram a essa medida.

Os interessados em participar do programa devem iniciar verificando suas dívidas. Isso pode ser feito por meio de aplicativos das instituições financeiras, como o Caixa Tem. Após essa verificação, é necessário entrar em contato com os bancos parceiros do programa e checar as condições especiais disponíveis para quitação das dívidas.

Como regularizar o CPF de forma rápida 

Após verificar as dívidas e conhecer as condições oferecidas pelos bancos parceiros do Programa Desenrola Brasil, chega o momento de regularizar a situação. Nessa etapa, o procedimento é bem rápido. Para isso, é preciso efetuar o pagamento do valor acordado com o banco e solicitar a baixa das restrições junto aos órgãos de proteção ao crédito, como o SPC e o Serasa.

Dessa forma, cada instituição financeira pode apresentar procedimentos específicos para a regularização das dívidas. Portanto, é fundamental seguir as orientações fornecidas por cada banco parceiro do programa.

Como evitar o endividamento na Caixa e outros bancos 

Além de soluções para a regularização das dívidas já existentes, é essencial adotar medidas preventivas para evitar o endividamento. Algumas dicas valiosas incluem:

  1. Organize suas finanças: faça um planejamento financeiro, estabeleça metas e controle seus gastos.
  2. Evite compras por impulso: reflita sobre a real necessidade de cada compra antes de realizá-la.
  3. Priorize o pagamento de dívidas: caso já possua dívidas, priorize a quitação delas antes de fazer novas compras.
  4. Tenha uma reserva de emergência: guarde uma quantia de dinheiro para situações inesperadas.
  5. Busque conhecimento sobre educação financeira: informe-se sobre técnicas de controle de gastos, investimentos e planejamento financeiro.

Como quitar suas dívidas na Serasa

Agora que você entende a importância de quitar suas dívidas na Serasa, vamos explicar passo a passo como você pode fazer isso de forma simples e rápida.

A Serasa oferece uma plataforma chamada Serasa Limpa Nome, onde você pode consultar suas dívidas, conhecer as opções de pagamento disponíveis e fazer acordos com descontos especiais.

Passo 1: Acesse o Serasa Limpa Nome

O primeiro passo para quitar suas dívidas na Serasa é acessar o Serasa Limpa Nome. Você pode fazer isso através do site oficial da Serasa ou pelo aplicativo disponível na Google Play e na App Store.

Caso você ainda não tenha um cadastro, é possível criar um gratuitamente e rapidamente. Após fazer o login, caso você tenha dívidas atrasadas ou negativadas, elas serão exibidas na tela.

Passo 2: Verifique as informações sobre sua dívida

Após visualizar suas dívidas, clique na opção “Ver oferta” para conhecer as opções de pagamento disponíveis para você.

Nessa etapa, você poderá escolher a forma de pagamento que melhor se encaixa no seu orçamento, além de definir a data de vencimento dos boletos, caso opte por parcelar seu acordo.

Se preferir, você também pode escolher a opção de quitar a dívida à vista em um único boleto.

Passo 3: Confirme as opções de pagamento escolhidas

Revise o acordo de negociação feito e clique em “Declaro que li e concordo com os termos e condições”. Em seguida, avance para finalizar o acordo. Após a confirmação do acordo, as dívidas serão excluídas do cadastro de inadimplentes da Serasa em até cinco dias úteis.

É importante ressaltar que, ao optar por parcelar sua dívida, seu nome será excluído do cadastro de inadimplentes após o pagamento do primeiro boleto. No entanto, caso você deixe de pagar as prestações acordadas, a dívida poderá ser incluída novamente no cadastro de inadimplentes.

Abquesia Farias

Especialista em Redação por mais de 5 anos, escreve textos para o Revista dos Benefícios com temas de Benefícios Sociais, Direitos do Trabalhador e Economia.